Followers

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Para a mamã....

Bom dia, ando há dias para fazer este post só que por falta de fotos tive que adiar. 
Mas é hoje e agora mesmo que vos mostro o que "fiz" para o aniversário da minha mãe. 
Completou no dia 01 de Dezembro 78 Primaveras.

Um  xaile como o da filha.....

Foto tirada á pressa, a minha sombra a tirar a foto é bem visivel. Aqui está a minha mãe com o seu carrapicho com o qual a conheço desde que nasci. Tem orgulho nos seus cabelhinhos pretos como uma amora. Embora "já" tenha uns grisalhos mas que ainda se podem contar pelos dedos das mãos (penso que os de uma mão chegam mas não quero mentir). Voltando ao tema principal fiz a seu pedido este xaile igual ao que fiz para mim aqui. Quando eu estava a fazer o meu a minha mãe logo me disse que também gostaria de ter um só que em cinzento. Bom dei voltas e mais voltas ao meu "Stock" e cheguei á conclusão de que o material que tinha em cinzento não era o suficiente para a "obra" em causa. Perto de onde trabalho encontrei a lã e com cinco novelos ou seja 250 gr de fio, realizei o sonho da minha mãe que ficou toda contente com a rapidez com que consegui acabar o trabalho. Ela bem me conhece, começo montes de trabalhos que depois demoro anos para os terminar. 
Por vezes é tão fácil dar uma alegria a alguém, que acaba por nos alegrar também!


Gráfico do ponto, bem fácil de fazer acreditem!



Logo, logo voltarei aqui com um tema "Natalício" mais não posso dizer por agora.



Até breve e como sempre beijinhos com muito carinho da *capinha*

3 comentários:

  1. Ficou lindo amiga!
    Minha mãe também usava xailes e elas ficam tão lindas!!!
    Bj amigo e volte sempre!

    ResponderEliminar
  2. Olá minha querida amiga!
    Parabéns, mesmo atrasados, à tua querida mamã. :)
    O xaile ficou um mimo e ela fica linda com ele. Adorei a foto!
    Beijinho grande, às duas!

    ResponderEliminar
  3. Maria do Rosário, adorei o xaile e já guardei a receita.
    Beijinos

    ResponderEliminar

Agradeço o seu comentário. Volte sempre!