Followers

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Meias.... desiguais!

Aqui estou para vos mostrar o andamento das meias para o rapaz.
No último poste mostrei o começo das meias aqui. Vejamos a foto da primeira meia que já acabei.

Ainda com as pontas por rematar!

A senhora que me ensinou chamou-me á atenção para ter o cuidado de começar as duas meias com o mesmo motivo ou cor da lã. Não, não me esqueci desse pormenor! Mas...vejam:

Tirei este rolinho para tentar fazer a segunda meia igual...
Mas não deu certo esta segunda meia tem a risca em verde muito mais acima do que a primeira. Notei logo após ter feito algumas voltas e decidi-me (a muito custo) não desmanchar. Estas meias serão para o miúdo trazer por casa. Assim sendo tento me iludir que gosto de as ver desiguais! Na foto seguinte nota-se bem a diferença...

O meu primeiro par desigual!
Como a errar se aprende nos outros três novelos já sei terei que começar com a cor aqui em verde claro ( nos outros outras tonalidades) assim de certo que irão ficar as riscas todas á mesma altura.
Nos próximos dias talvez esteja um pouco (muito para mim) ausente mas voltarei sempre que puder. Eu tenho andado numa "fase" de meias, e vocês o que têm nas agulhas?
Desejo uma boa passagem de ano, muitas alegrias e paz no próximo que está quase a bater á porta!
Beijinhos sempre com muito carinho da *capinha*


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Mais meias....

Olá  de novo, cheguei á dias á conclusão que todos cá em casa estavam a precisar de mais meias. A minha última encomenda á BUTTINETTE foi um pacote com quatro novelos.

Aqui só se vêm três dos novelos...Foto original da Net

Dois destes já têm destino, mas claro não foi divulgar pois será uma surpresa lá mais para diante. A primeira cor da esquerda foi a escolhida para ser trabalhada em primeiro lugar. Como todos estamos na lista de espera fiz um sorteio. Cada um escolheu um número de um a quatro. Claro que o rapaz quis o número um. A minha mãe tirou um papelinho e adivinhem a quem saiu este par a ser tricotado?
Foi para o rapaz! Não foi de propósito, e mais uma vez o moço teve sorte. Comecei ontem e vejam o que já consegui fazer!

Foto tirada de noite e com telemovel...

As cores nada tem a ver com a realidade. Comparem com a cor da foto de cima ( a primeira da esquerda). È um verde muito clarinho e a risca no meio é castanha.

Tenho as malhas só em três agulhas....

Porque assim trabalha-se com mais rapidez! Quando chegar á altura do calcanhar aí então divido as malhas pelas quatro agulhas e tricoto com a quinta. Faço o mesmo quando começo a diminuir as malhas para fazer o bico do pé e acabamento.
Pela primeira vez estou a trabalhar com agulhas de Bambu. Estou a gostar! Acho que vai ser mais uma "doença" para mim e para a minha carteira. Eu "sofro de umas doenças agudas"  que são deveras difíceis de controlar.

Com contadaor e tudo...

Comecei a utlizar o contador de carreiras (voltas) e ajuda-me muito. Claro que cada pessoa tem a sua maneira com a qual se adpata melhor. Eu gosto desta, sobretudo quando o modelo não faz "riscas" pelas quais dá para se contar. Falo assim porque a Senhora que me ensinou chamou-me á atencão para esta particularidade. Começar tendo o cuidado de começar as duas meias com a mesma cor para que o par fique o mais idêntico possivel. Claro que há quem goste do par "desigual" gostos não se descutem e claro a originalidade é sempre bem vinda.

Foto sem ter sido trabalhada a cor...        

Embora com as cores muito "desmaiadas" esta foto adpata-se mais á realidade. Comecei a todo o vapor vamos lá ver se  euforia se mantém até acabar o par. Era bom!
Deixo um beijinho com muito carinho....*capinha*


sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

A caminho do Natal...

Olá amigas,
voltei a estar mais tempo ausente do que gostaria. Uma constipação mesmo chata apanhou-me e com as geadas que  tem havido há mais de uma semana ambas colaboraram para esta demora.
O Natal está quase a bater á porta e eu este ano ainda não "decorei" a casa para esta quadra. O Rapaz que em anos anteriores tinha que ter um presépio, desta vez não tem vontade de o armar. Embora ainda não esteja tudo como em anos anteriores o espírito natalíco acaba sempre por chegar. Desta mostro-vos umas estrelinhas que crochetei. Fiz duas grinaldas, Uma coloquei-a na porta de entrada em cima de uma velhícima mini árvore de Natal. 

Uma garrafa dentro de uma caixa de madeira serviu de suporte

 A estrela do topo foi feita de guita que normalmente se usa para atar pacotes. Fiz várias que foram vendidas na feira de Natal organizada pela escola do rapaz . Tiveram boa aceitação. Aqui mais de perto:

Eu gosto muito desta! Simplemente, simples....

A segunda pendurei-a numa porta acho que irá ficar ali mesmo. Foi toda crochetada com lã branca. Até que lhe posso chamar de brincadeira visto que ficou pronta num instante. 

Deixei as duas pontas caídas, gostei mais assim.
Esta idéia foi tirada deste blogue alemão. A foto que asseguir vos passo a mostrar dá bem para seguir o esquema e fazer um céu estrelado.


Gostaria de ter mais trabalhos para mostrar mas tenho andado muito devagar com o tenho em mãos. Vou tentar ganhar garra e amandar-me a eles (trabalhos que já deveriam estar entregues). Beijinhos com muito carinho e um bom fim-de-semana. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Ainda mais uns mimos

Olá, cá estou eu hoje com mais uns mimos que já foram entregues. Há uns meses tricotei uma manta para o meu rapaz  aqui. O meu sobrinho gostou e como eu estava em falta para com a Margarida prontifiquei-me na hora para tricotar uma para a menina. Procurei cores apropriadas para o trabalho e encontrei estas aqui:

Achei-as muito giras!
As cores foram aprovadas, toca a encomendar e tricotar a manta "Margarida". Foi uma luta contra o tempo pois feita numa altura em que tinha muito trabalho e pouco tempo livre. Mas quando há boa vontade arranja-se uma solução e foi o que eu fiz.  Para atrapalhar um pouco depois de ter tricotado alguns quadrados cheguei á conclusão que o material era demasiado "mole" para uma manta. Comprei um tecido muito fofinho apropriado para o trabalho e forrei a manta. Só a consegui terminar jé estava de férias em Portugal. Mas foi entregue e foi isso que muito me alegrou!

Uma foto para relembrar...
 Aqui o poste da manta. Escrevo, escrevo e ainda não cheguei ao motivo do poste de hoje! Vamos lá então: sobrou-me muito fio e pensei logo em fazer uma ALMOFADA com o mesmo motivo.
Toda "repimpada" no meu sofá!
Fiz quatro quadrados perfeitos, unio-os tal como na manta e fiz o mesmo acabamento em croché. Acho-a muito gira (modéstia á parte) até para mim gostava dela. Material tenho, agulhas também.....Quem sabe talvez ainda faça uma também para mim. Soubrou-me tecido de forrar a manta. Fiz outra almofada, esta com o tecido e cosi as duas partes á mão com linha de crochetar (para ficar mais resistente). Pois quero que a Margarida brinque muito com ela.  Nada de virar peça de exposição!

Pena que as fotos não mostrem as verdadeiras tonalidades...
Apliquei um fecho para facilitar a lavagem sempre que seja necessário. Foi um trabalho rápido e "gostoso" de fazer.

Está longe da perfeição, mesmo assim dá para ser usada!
Mesmo depois de ter a almofada pronta ainda me restou mais de um novelo. Claro que não ficou sem utilidade. A este que tinha brilho juntei um branco opaco e tricotei uma peça toda em tricô com agulhas número 6. Quem adivinha o que foi?

Só podia mesmo ser uma mantinha para a boneca!
Nada mais aborrecido do que a bonequinha ficar com gripe devido á falta de uma mantinha! Fiz um arremate muito simples, também em croché para o conjunto ficar harmonioso. Reparem o que restou dos novelos todos, só aquele rolinho em cima. Foi tudo feito com muito boa vontdade e carinho. Gosto muito de presentear os meus familiares com trabalhos feitos por mim exclusivamente feitos para eles.  Olhem eles todos aqui com os seus respectivos mimos (faltam as meias, não dá para se ver) :

Mimos recebidos no dia dos anos do Papá o meu sobrinho. Timing perfeito!
Ainda falta falar sobre um mimo mas fica para a próxima. Agora vou dar adiantamento a outro mimo que já estava bastante adiantado e por motivos de força maior teve que ser desmanchado quase na totalidade. Enfim acontece! Fiquem bem e vão mostrando os vossos mimos, trabalhos, criações, enfim como lhes queiram chamar. Eu cá fico á espera. Passem bem, beijinhos   ;-)

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Continuando com os mimos...

Bom dia gente de bem!
Hoje mostro-vos mais alguns dos mimos que já chegaram a terra lusa. Pelo que vi nas fotos as crianças gostaram da novidade Meias em trico!
Há uns tempos comprei um pacote com novelos para três pares de meias. Achei as cores muito giras e pensei logo nos meus pequeninos!

Rosa, verde e azul! Foto da Net...
Não será difícil adivinhar as cores que eles receberam! Começando pela menina, claro que fiz com lã cor-de-rosa vejamos então:

Estas as que eu fiz!
Pedi a altura entre o calcanhar e o joelho para assim lhe aquecerem as perninhas. Sei que sou suspeita mas eu acho-as uma gracinha. Pronto Margarida, nada de andar com os pézinhos frios!
Para o Rodrigo fiz exactamente o mesmo. Com a lã azul tricotei a altura suficiente até lhe chegar aos joelhinhos ora vejam:

As meias do Rodrigo... sola do pés de um lado, do outro a parte de cima
Como as fiz um tamanho acima do dele, receei que ficassem muito largas nas pernas por essa razão optei por as fazer (fora a sola do pé) todas em canelado. Assim têem a elasticidade necessária. Mais uma foto das meias "Rodrigo".

Toda em canelado até ao joelho.
Asseguir mostro-vos vários vídeos (em alemão!) onde mostra como se faz o calcanhar "á minha maneira" aqui esta já é a teiceira parte da série de como se fazem as meias. Mas o começo do calcanhar! Agora os mates aqui para fazer o "carapucinho".  Para continuar mostro-vos como se voltam a colocar as malhas nas agulhas aqui. Para terminar os remates necessários para se poder continuar a tricotar a meia aqui. Quero salientar: que estes vídeos por serem falados em alemão não ajudam nada para quem queira começar a aprender. Só os coloquei para quem já tenha alguma noção do processo, para que possa pelas imagens tirar algumas dúvidas e ou melhorar a técnica. Sei que já existem vídeos em português e também em inglês, porque não ver como fazem as alemãs?
Parece muito complicado mas não é! O meu conselho é que já se tenha alguma prática a trabalhar com as agulhas de tricô. Não aconselho começar a aprender tricô com meias. Devido ao número de agulhas, aí sim torna-se complicado aprender. Para quem o tricô já é familiar com um pouco de perseverança e boa vontade aprende-se com relativa facilidade. No final é um "orgulho saudável" calçar as meias que se tricotou. Ainda há mais uns mimitos para mostrar, mas por hoje termino aqui.
Beijinhos e passem bem!

Voltem sempre!

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Entregues o mimos...

Olá, hoje aqui estou eu para vos mostrar alguns do mimos que já chegaram ao destino. Estava ansiosa para que o paquete fosse entregue. Desde segunda-feira que todos os dias ía á internet ver onde este já se encontrava. Desta vez mostro-vos os gorros que eu espero que sejam bem quentinhos. Começo pelo gorro da Margarida. Foi feito tentando acertar no tamanho, agora que já vi uma foto com ele acho que ficou um pouquinho grande mas antes assim. As crianças crescem e ainda bem! Aqui está ele:

Branco, cinzento, rosa. Acho que as cores se adaptam bem aos 2 aninhos e meio da Maragarida!



















E assim dobradinho seguiu para o paquete!
Agora o gorro que fiz para o Rodrigo. O irmão da Margarida, meus segundos sobrinhos. Foi crochetado em meio ponto com agulha n° 4 assim como o da menina.

Um azul esverdeado (muito bonito) com risca em cinzento
 As fotos foram tiradas á pressa antes de arrumar tudo com muito cuidado para seguir rumo ao meu Portugal. Por esta razão a próxima foto está um pouco desfocada mas mesmo assim aqui vai:

Também este dobradinho!

Sabendo que  o papá  (o meu sobrinho) também gosta de gorros e tendo ele me confessado neste Verão que o que eu lhe fiz há uns anitos já não estava "bem de saúde" pensei em fazer também um para ele. Material tinha em estoque. Pus mãos á obra e que obra! Procurei modelos encontrei algo que me agradou enviei foto para o sobrinho. Sugestão aprovada! Mas ao seguir á regra um molde que encontrei...Foi simplesmente um falhanço! Ficou enorme, quase um balde. Não desmanchei, comecei um segundo. Tendo o cuidado de escrever exactamente os pontos que ía aumentando fiz com muito menos pontos. Ao chegar ao final, cheguei á conclusão que não estava á minha vontade. Podem se rir se quiserem! Comecei um terceiro! E em tempo record crochetei este que agora passo a mostrar:

Assim parece um gorro deformado.
Apesar deste terceiro ter sido feito, ainda com menos pontos do que o segundo fiquei com a sensação de que com uns pontitos a menos teria ficado melhor. O tempo fugia, e a vontade de voltar a fazer mais um gorro estava esgotada. Pelo menos daquele dia. O meu sobrinho já me enviou uma foto com ele e parece estar razoalvelmente bem. Dobradinho, está com muito melhor aspecto!
Ainda não encontrei tabelas, gráficos e ou esquemas para gorros em croche que realmente me tenham sido uma ajuda gratificante. Talvez seja como eu teço os pontos! Vamos lá agora saber?

Assim, vê-se melhor o efeito final!
Pronto, hoje não mostro mais dos mimos que foram juntos dos gorros. Tenho que postar "com moderação" pois quero evitar estar muitas semanas sem vos mostrar nada. Assim mostro-vos em vários postes e por categorias enquanto vou fazendo umas voltas noutro mimo para outra pessoa também muito querida. Fiquem bem e passem um bom e repousante fim-de-semana! Beijinhos
 
Voltem sempre!

sábado, 5 de novembro de 2016

Começo de Cortina

Olá de novo,  já vão a caminho uns mimos que fiz para os meus sobrinhos e paizinhos. Enquanto estes não chegam ao destino mostro-vos agora o início de duas cortinhas que quero fazer para a janela da  minha cozinha em Trás-os-Montes. Encontra-se de tudo na Net mas mesmo assim ando sempre a passar pelas parteleiras de revistas e vou dando uma olhadela para ver se descubro algo sensasional!
Gostos não se descutem e ao encontrar este modelo fiquei encantada! Comprei a revista e já iniciei  os quadrados. A começar há que ter um pouco de atenção, mas não é nenhum quebra-cabeças.

Gosto muito dos quadrados! Também se adaptam a uma toalha.
Este novelão já tem uns anitos. Aqui em muitas lojas sem ser de retrosaria uma ou outra vez no ano aparecem estes artigos e eu toca a aproveitar a pechincha. È que é mesmo muito mais barato do que se for em  casas da especialidade. 

"Já" tenho dois quadrados feitos!
A mesma foto só com a tonalidade alterada.
A foto da revista com o esquema.
Este trabalho é para o ir fazendo aos poucos mas espero que esteja pronto (ou mesmo quase) quando for a Portugal para as poder levar comigo!
Já tenho nas agulhas outro mimo para uma pessoa muito querida. Não posso adiantar mais por agora.
Por hoje fico por aqui desejando-vos um bom e repousante fim-de-semana. Até breve....Eu espero
 Beijinho amigo!


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Xaile

Olá! Devido a falta de tempo (penso que é um mal que muitas de nós afecta) estive de novo um mês sem postar. O que não significa que tenha estado sem dar ao dedo e ás agulhas.
Hoje mostro-vos o meu novo xaile:
Finalmente tirei uma foto com  o meu xaile
Trabalho bem simples e rápido de se fazer. Há umas semanitas que esperava por este dia. Hoje o rapaz fez o favor de servir uma vez mais de fotografo e tirou estas duas fotos que vos mostro agora.
Agora o detalhe em cima para ficar mais "fechadinho" fiz umas voltas em meio ponto e nos bicos apanhei várias malhas de uma só vez. Assim foram diminuindo as malhas e fez o efeito que eu desejava.

Agora de mais perto para mostrar o efeito
Tenho em mão uns miminhos para os meu sobrinhos que estão em Portugal. Só vos mostrarei depois  deles terem recebido. Antes ficaria sem graça apesar de eu já ter enviado uma ou outra foto a pedir a opinião deles. Eu não me arrisco a fazer o me dà na minha real gana correndo o risco de depois não vir a ser utilizado. O pouco tempo livre que me resta tem que ser bem aproveitado.
Esta semana também estive na escola com outras mães a fazer arranjos de Natal para serem vendidos numa feira que a escola irá organizar. Eu ainda gostaria de fazer um ou outro mimo para ajudar a angariar fundos para a caixa escolar. Vamos lá ver como irá correr o negócio. Hihi!
Espero voltar brevemente com mais fotos e novidades das minhas aventuras. Até lá passem um bom fim-de-semana e fiquem bem. BEIJINHOS da *capinha* 


quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Com dois novelos

Olá gente de bem! Que bom eu agora ter um tempinho para mostrar as minhas "aventuras"! Escrevo aventuras pois quase sempre tenho uma história para contar. Como hoje. Em Novembro passado tive que ir a Espanha por um motivo menos feliz. Ao entrar uma loja dos chines, tive que ver as linhas e as lãs. Encontrei algo que muito me agradou, mas só haviam dois novelos! É claro que os tive que trazer pois certamente eu iria encontrar maneira de os utilizar. Na altura não pensei nem um pouquinho que espécie de trabalho daria para fazer com 200gr de linha. 
Passado algum tempo deu-me uma vontade enorme de trabalhar a linha e depois de fazer uns cálculos poucos é claro (a linha não dava para mais) decidi-me a fazer um Top.

Aqui uma parte e as alcinhas, ainda tudo por unir!
Comecei este trabalho antes de me ter oferecido para fazer a manta da Margarida que já vos mostrei. Não tenho mais fotos do andamento do trabalho, pois este ficou para trás para poder fazer a manta atempadamente. Ainda no carro de viagem para Portugal pequei nas agulhas e fiz umas voltas da segunda parte. Só em Portugal é que acabei e vesti este Top. Com cada novelo fiz uma parte e uma alça. Este trabalho nada tem de especial, mas até gosto do resultado. Em cima para terminar não voltei a fazer canelado fiz dos dois lados ponto tricô (ou liga) 8 voltas  e rematei.

Agora aqui já depois de lavado...
 Não cheguei a tirar fotos com ele vestido. Nos dias de muito calor que se fizeram em Portugal soube bem andar com uma peça leve vestida. Este é um daqueles trabalhos que se podem chamar sem pés nem cabeça. O mais importante para mim foi, ter transformado a linha em algo com utilidade.
Dobradinho....
Á espera que o próximo Verão chegue e com ele o calor. Certamente que em Portugal voltará ser vestido e evitar assim que "eu sufoque" com as altas temperaturas!

Fiquem bem e até breve, pois já trabalhei vários novelos que restaram da manta da Margarida.... Curiosas? Eu também para ver como irei terminar o trabalho!
Beijinhos com muito carinho da*capinha*

sábado, 17 de setembro de 2016

Com saúdades do ponto cruz XXXX

Olá de novo, ando com saúdades de fazer ponto cruz! Ultimamente tenho feito vários trabalho em tricô e um ou outro em croché. O ponto cruz tem ficado para trás. Neste poste aqui mostrei o último trabalho que tenho começado há quatro anos. Sim, quatro anos! Estou ansiosa para voltar a trabalhar nele mas antes quero acabar com o resto do fio que sobrou da manta da Margarida e com quadrados perfeitos (já tenho três feitos) quero terminar um projecto que idealizei vamos lá ver como irá sair.
Hoje mostro-vos alguns trabalhos que eu fiz em ponto cruz muito antes de ter começado com este cantinho. Vamos então lá começar:

Este é do rapaz!
Asseguir encomendei este, e qual o meu susto quando ao abrir o pacote notei que tinha mandado vir por falta de atenção, linho em vez de quadrilé!

Um motivo natalício, que me encanta!
Eu e o meu mau hábito de começar novos trabalhos deram origem a que eu só acaba-se este trabalho anos depois de o ter começado. Na altura tinha pouquíssima prática (ainda hoje tenho muito a aprender) tenho que admitir que foi um verdadeiro desafio á minha paciência. Este belo motivo é da marca Oehlenschläger aqui  que têm motivos de sonho!  
 
Árvores  e neve a cair.....

Uma vez quando estive em Portugal de férias encontrei numa retrosaria um esquema (para ponto de arraiolos) do Chafariz das cinco bicas de Caldas da Rainha asseguir mostro uma foto retirada da net.

O chafariz das cinco bicas!
Fiquei eufórica com o motivo e perguntei se daria também para bordar em ponto cruz. Claro que o vendedor disse logo que sim. Emprestou-me o esquema para eu copiar e vendeu-me o tecido e as respectivas linhas e lá fez este homem uma mulher toda feliz. Vamos lá então ver o quadro bordado!

A luz não ajudou muito, mesmo assim acho que dá para se reconhecer

Assim terminado parece que se faz rápido, mas não se faz, não!

Estou muito feliz com o resultado, claro que a nitidez das fotos deixa muito a desejar. Quem sabe se eu um dia ainda não irei bordar o castelo de Óbidos? Bom, acho era só ver um esquema para tal!...
Bordei ainda um motivo floral. Rosas em divérsos estágios. Nada de especial. Foi tudo bordado numa só cor (com restos do chafariz) mesmo assim também gosto muito dele. Ora vejam:

As minhas rosinhas!



È necessário dizer algo? Penso que não!

Tenho agora um formigueiro nos dedos para ir pegar nos meus "cavalos" mas tenho que resistir e terminar o que me ainda falta. Espero que gostem destes meus trabalhos e como sempre digo até breve & envio um beijinho com muito carinho *capinha*