Followers

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Com restos das meias......

Olá, cá estou eu de novo! Hoje para vos mostrar mais uma vez, que a lã das meias serve para mais outras utilidades. Comentei no blogue da Lete que também tinha aproveitado uns restos de lãs. Uns, visto que restos nunca consigo acabar por completo com eles. Tinha alguns restos mais velhos que o meu rapaz. Este com quase 11 anos!!!! Eram restinhos, alguns com pouco mais de um metro de comprimento. Para pequenos restos, grandes efeitos! Comentei, no ano passado que ganhei gosto em fazer almofadas e com os tais restinhos fiz uma. Trabalho, rápido como eu gosto. Fiz uma tira em meio ponto. Penso que é assim que se acha; puxei laçada e apanhei os três fios que tinha na agulha de crochetar todos de uma vez. Caso este ponto tenha outro nome, agradeço desde já que me digam. Com um fecho de um casaco que atirei fora, depois de muito uso. Fiz a tal que vos passo a mostrar:

Nota-se bem os diferentes restos do fio.... Lado A

Aqui, ainda do lado A

Tentei gastar os tons "azuis" pois na caixa dos restos há de outras tonalidades que com estes simplesmente ficariam uma aberrração. O lado B, este com umas riscas mais largas da mesma cor. Fiz as carreiras propositadamente incompletas. Gostei do efeito.... Vejamos:

O lado B!

O lado B com outro efeito da luz.....





Tentei mostrar o ponto... Será que dá para reconhecer?

Que diferença a claridade faz nas cores... A segunda foto corresponde mais ás cores reais da almofada. Bom, agora tenho que dar os Parabéns á Lete, pois ela adivinhou como eu utilizei os restinhos da lã das meias. Encontrei há dias uma manta esta também feita com restos de fio das meias que ficou muito linda. Mas isso fica para uma outra vez. Jinhos & Jocas da Rosarinho (*-')


6 comentários:

  1. Bom amiga, nós nunca conseguimos dar por acabado os restinhos.
    Aqui é o mesmo, nem sei o que vou fazer, deitar fora está fora de questão mas conjugar tanto fio é complicado.
    Gostei muito dessa conjugação dos tons de azul, nem parece, quem diria.
    Quanto às minhas meias, podes ficar descansada que estão em andamento estou fazendo a primeira etapa do calcanhar para depois ter umas explicações via net com a amiga Lete.É desta.
    Beijinho e bons trabalhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana, tens razão pois os restinhos nunca acabam e para complicar são feitos de vários materiais e espessuras.... Mal posso esperar para ver as tuas meias. Estás nas mãos da Lete estás tens uma boa professora. Bom cá fico á espera. Bons trabalhos e beijinhos

      Eliminar
  2. Ena, viva! Acertei! :)
    Está linda! Gosto muito da conjugação dos tons, acertaste em cheio. Agora, o ponto, desconhecia, só sei o ponto alto e o ponto baixo, os outros nomes passam-me ao lado. Não ando muito virada para o croché, só mesmo para as meias e como não tenho espaços para almofadas, não as faço, embora as adore!
    Se fosse eu, com esses tons tão lindos, teria feito mais umas meias de retalhos, eh!
    Seja como for, adorei a inspiração, as cores, o ponto e o aconchego que essa almofada sugere. Beijinhos, até breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga, que bom que gostaste! Tens razão os fios utizados no lado B da almofada davam para umas meias mas eu não me importo. Para meias ainda tenho que chegue....nunca deixo acabar! Beijinhos e um XI-coração

      Eliminar
  3. Que bem aproveitaste as sobras, Rosarinho. Apetece deitar sobre essa almofada aconchegante. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Rosarinho ficou linda nesse belo matizado!
    Um belíssimo aproveitamento!bj

    ResponderEliminar

Agradeço o seu comentário. Volte sempre!